É triste mas é verdade..



É muito triste – para não dizer decepcionante – quando você percebe admite que durante todo o tempo não eram as pessoas que possuíam algum tipo de preconceito relacionado a você, mas você mesmo criava isso em seu mundinho particular e encarava como verdade.

Mais triste ainda é verificar quantas amizades e amores que poderiam ter sido e que vão continuar nesse patamar: poderiam ter sido.

É terrível quando você toma nota da tamanha baixa auto estima que carrega consigo e dessa forma masoquista de encarar as coisas, de no fundo no fundo não fazer nada para mudar.

É de dar pena o lamento. O lamento que vai continuar lamento; vazio, pela falta da ação.

4 comentários:

  1. Mas que bom! Amiga, reconhecer é um grande passo! A mudança está em suas próprias mãos. Te admiro muito. Amo você! Você é incrível.

    ResponderExcluir
  2. Viii, bom lê-la de volta!
    Hove algum problema com algo que não sei o que foi. Não estava conseguindo postar comentários aqui. Adicionei-me de novo, vamos ver se agora vai!
    Beijo grande, e, o que não conseguimos mudar, aprndamos a administrar!
    Maria Alice (Blogat)

    ResponderExcluir
  3. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/08/600-seguidores.html

    ResponderExcluir
  4. Viii, contou minhas história nesse texto, neh?!..rs
    Mas aprendi que nem toda mudança é fácil, mas temos que persistir. =)
    Abração!

    ResponderExcluir