Estou cansada

Cansada de tudo isso.
Cansada do meu trabalho que me faz envelhecer antes do tempo.
Cansada de bancar a adulta que não sou, dando conselhos pras pessoas como se eu tivesse 100 anos e soubesse tudo da vida.
Cansada da maneira como conduzi minha vida até aqui, sempre apoiada no que disseram que seria bom pra mim.
Sei que hoje tudo soa como mau agradecimento, afinal quantas pessoas aos 21 tiveram a sorte de ser bem sucedido no trabalho e nos estudos como eu, e com as expectativas melhores possíveis para o futuro?
Detesto as pessoas vir me dizer: “você será brilhante no futuro”, ou “você é muito inteligente, sensacional, vai longe...” quando nem eu tenho certeza disso, ou melhor, nem sei se acredito nisso.
O que sei é que muitas ações que tomo parecem lindas aos olhos dos outros, deixa todos eles felizes, mas geralmente não são atitudes que eu gostaria de tomar.
E eu tomo essas atitudes feito um robô, sem vida própria, apenas mecanicamente.
Cansada de ter noção de tudo, das ações e das conseqüências.
 De diversas vezes me privar de experimentar as coisas por já saber de antemão que aquilo não vai dar em nada.
Cansada de da infância já ter pulado pra fase adulta.
Cansada de algumas pessoas acreditarem que isso é bom.
Cansada dessas amarras que eu mesma criei.
Cansada de ter “liberdade” e não saber aproveitá-la.
De parecer um animal selvagem que depois de muitos anos trancafiado numa jaula fica sem ação ao ver porta aberta e o caminho livre pra seguir seu rumo.
Cansada de a minha felicidade gerar descontentamento e meu descontentamento gerar felicidade alheia.
Cansada de me sentir presa a tudo isso.
Cansada da faculdade que me suga e faz com que eu não tenha outra vida.
Cansada das tempestades em copo d’água que sempre faço.
Cansada da minha falta de controle, de não saber lidar com as coisas.
E cansada de ser tão paradoxal.
Cansada de mais uma gama de coisas que não consigo transformar em palavras.
Cansada de saber que não há muita solução pro meu caso.
Cansada de tentar imaginar onde tudo isso vai dar.
Cansada, cansada e cansada.
E pra completar, extremamente triste por estar assim.

9 comentários:

  1. É Viiii, ultimamente eu também estou com este "cansaço generalizado"... engraçado, pois até parece algo físico, né? Parece que estamos cansados no corpo, mas na verdade é a nossa cabeça que está cansada.

    Cansados de escrever até mesmo em nossos blogs, sendo que na verdade gostaríamos é de ter mais tempo para escrever... estamos cansados de não conseguirmos ter um auto-entendimento... acredito que esta é um pouco a sina de quem pensa sobre muitas coisas ao mesmo tempo. A gente se cansa de pensar em mil coisas, levantar diversos problemas e não conseguir resolver tudo. Paciência... uma hora passa... para depois voltar de novo, rs. Como disse, acredito que seja nossa sina.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Estou, minha querida, cansada da justiça lenta, de pessoas parciais, de falta de ética e moral. Estou cansada do ser humano que fala bonito mas foge da raia.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Momento de desabafo.Claro e articulado.Desse cansaço,nascem outro caminhos,mesmo que enviesados.Tem coisa que dá para recuperar,menina!está tudo em tuas mãos!Beijo grande.

    ResponderExcluir
  4. Acho que a maioria de nós passa por fases assim, Agente só não pode deixar que o cansaço tire o "sabor" das nossas alegrias.

    ResponderExcluir
  5. o Futuro é... ih, já passou!

    temos de ter a humildade de saber que não sabemos nada, que toda a Sabedoria vem de Deus, e estarmos sempre dispostos a aprender.

    porém todavia contudo, Cristo deixou a dica: "Não vos preocupeis com o dia de amanhã." "Olhai os lírios do campo, que nem plantam, nem ceifam, mas nem Salomão, no esplendor da sua glória vestiu-se com tamanha beleza."

    e no Antigo Testamento:
    "Nenhum esforço é adianta sem a graça de Deus."
    (Provérbios)

    nada do que eu disser adianta, cada um aprende ao longo da vida à sua maneira; mas lê a Bíblia querendo mesmo aprender, com BOA-VONTADE.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Maria Alice pelas palavras... Verdade. Sempre dá pra recuperar, duro é que tem dias que realmente não enxergamos essas soluções. Mas felizmente elas vem.

    E Marcos! Não poderia ter usado de conselhos melhores que esse. Mais uma vez muito obrigada por me lembrarem disso. às vezes focamos tanto em nossas dores que não fazemos muito pra nos curarmos.
    Obrigada a todos!

    ResponderExcluir
  7. É complicado, né?
    Me identifiquei com 95% do texto.
    A verdade é, somos velhas presas em um corpo jovem. Almas velhas!
    Acho que, se existem vidas passadas, reencarnamos sem esquecer a experiência anterior. Por isso essa seriedade e responsabilidade em excesso. rs
    Cansa, realmente.
    Mas acho que só nos resta levantar a cabeça e seguir em frente... aprender a viver dessa forma. Ou tentar revolucionar.

    Mas o mais importante, a meu ver. É fazer o que se quer, não o que os outros acham melhor. Cada um que viva sua vida.

    Como diria Clarice Lispector... "Eu te deixo ser... deixa-me ser então".

    ;)

    bjoss

    ResponderExcluir
  8. É cliche, mas a vida tem disso. Chega uma hora que ficamos de saco cheio de tudo, das pessoas e de nós mesmos. Mas, sem querer filosofar, tudo passa, momentos bons e ruins, nada dura pre sempre.
    Se preocupar com o futuro deixa qualquer um louco, não temos como saber o que virá, porém temos como traçar nosso caminho, diariamente. Então, ocupe-se com seu agora, com o que pode fazer hoje.
    Lembro de uma parte do filme Legião, em que um personagem conversa com o outro dizendo que seu pai sempre o perguntava "se você morresse hoje, teria orgulho da vida que teve?".
    Então, minha dica é a seguinte: preocupe-se mais com o agora e mais com você. Seja um pouquinho egoísta, esqueça o que as pessoas querem de você e faça o que quer pra você.
    É isso, bjos e espero que fique tudo bem.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Vi, ficou muito lindo o novo layout. Amei! Beijos pra ti! Bom final de semana!

    ResponderExcluir