Ahhh, olá 2010!


Olááá!! Como estou contente de estar de volta! Nas últimas vezes que estive malinando por aqui, acredito que o servidor do Blogspot estava mal humorado ou apenas tirando férias, por esse e outros motivos além da pausa para festas só agora retorno ao meu cantinho amado.

Nesses dias em que estive longe aproveitei para ler um pouco, já que é algo que simplesmente amo e durante o ano não posso fazê-lo devido a infinidade de responsabilidades e o pouco tempo para cumpri-las. Mas digamos que deu para tirar o atraso!

Bem, tive a oportunidade de terminar a série O Diário da Princesa e nem precisa comentar o quanto A-D-O-R-E-I! O fato é que Meg Cabot escreve muito e sabe expressar como ninguém a realidade, cotidiano, medos, inseguranças e histerias de uma menina  que aos poucos vai se descobrindo Mulher.

Também comecei o  Curso de Iniciação Logosófica. Embora seja um livrinho finíííínho e que qualquer um pode receber em casa gratuitamente clicando aqui, ainda não o terminei e sinceramente estou na maior dúvida. O caso é que é um daqueles livros que ficam te dizendo o tempo todo: "Nós vamos te ensinar isso e vai ser muito bom pra você!", mas nunca chegam no Isso de fato. E tem outra coisa também, o livrinho recomenda que se pratique a tal sabedoria logosófica que vai mudar minha vida o tempo todo, coisas do tipo. Vejam bem, não estou criticando o livro até porque ainda não concluí a leitura, porém não consigo afastar a estranha sensação de receio ao avançar cada página; porque dá uma ligeira sensação de lavagem cerebral, se é que me entendem. Estou sim em busca de novos pontos de vista, novas filosofias até, mas creio que para tudo existe um limite. O que quero dizer é o seguinte: não quero ficar maluca igual a um monte de gente quando leu o Código da Vinci e realmente acreditou nas palavras sensasionalistas do autor. Ou seja, tudo é uma questão de 'peneirar' as informações, extrair o que lhe é útil e botar fora o resto.

Continuando a dissertação sobre livros, tinha um tal de 'A cabana' lá em casa e eu olhei pro livro e pensei assim: "Por que não?" e lá fui eu. E que bela surpresa eu tive. Este é mais um daqueles livros que entraram para a coleção dos livros que um dia quero dar a todas as pessoas especiais à minha volta, para compartilhar tão boas experiências.



O livro - roubando as palavras de alguém na internet - é  “Um encontro com Deus".  Você já teve a sensação ao ler algo que é como se aquelas palavras fossem dirigidas especificamente à você? Bem, foi isso o que senti e a julgar por uns testemunhos encontrado nesse site, não fui a única a desenvolver tal sentimento.
O questão é que quando o assunto é Deus, geralmente sentimos um certo desconforto (não é?) porque simplesmente a pessoa mais inteligente da Terra ainda não será capaz de traçar um perfil completo d'Ele, quer dizer, na nossa humanidade, na nossa limitação, por mais que criemos alguma intimidade com Ele, sempre Ele nos conhecerá melhor e não o contrário. E sejamos sinceros aqui: isso às vezes afeta o nosso ego.

O que posso dizer mais a respeito disso é que se você é como eu (ou não) que passa horas pensando na vida, observando as peculiaridades deste insano (?) mundo em que vivemos, tem grandes chances de gostar do livro,  e mais importante: aprender com ele. Considerando que vamos adquirindo maturidade e sabedoria ao longo desta vida através das experiências e de algumas abençoadas parábolas sugiro que não deixem este livro de lado!

***

Bom, eu não sei se já comentei aqui que não sou muito chegada em livros de auto-ajuda. No entanto por mais contraditório que isso seja, existem alguns livros fictícios que deixam mensagens tão legais que podem acabar classificados como desse gênero e que sugiro para todos um dia possam ler, são eles:




O livro traz uma narrativa partindo da suposição que ao morrer cada um de nós encontra cinco pessoas que foram essenciais em nossa existência. Mitch Albom conta essa história através do personagem Eddie, um senhor que morre ao completar 80 anos. E ao longo da história ele mostra à Eddie e ao leitor como somos especiais. :)







            E o outro, aliás, os outros livros foram escritos por esse senhor aqui. Ele é J.J. Benítez e escreveu a coleção Operação Cavalo de Tróia. Até hoje apenas li o primeiro volume (Jerusalém), mas não deixa de ser perturbador e certamente fará você rever algumas opiniões.








Pois é..Acho que encerro aqui hoje. Mas falei, falei contudo gostaria muito de ouvi-los a respeito dos "assuntos" que levantei aqui. Ficou claro? Não? Bem...! Você já leu algum desses livros citados - não o Diário da Princesa!! -  mas e os outros? Houve algum livro que operou mudanças em sua vida, maneira de pensar, agir, enfim... Falem comigo!

6 comentários:

  1. Oi, Vi, vejo que o novo ano está inspirador pra ti. Estou voltando hoje, mais precisamente de uma mini-férias na casa da minha mãe. Volto ao normal a partir de amanhã, com postagens novas e muita, mas muita coisa a dizer. Não sei o que está havendo, mas este ano está mesmo inspirador.
    Acho que ando mesmo ler uns livros diferentes, especialmente que me façam ver a vida em outros prismas, quem sabe mais otimistas e menos lúcidos. Será que pessoas práticas tem alguma chance de ser feliz?
    Não li nenhum livro desses, mas estou com tempo e adorei as dicas.
    Beijos!
    Luciana P.

    ResponderExcluir
  2. Bem... Todos temos a chance de ser feliz, pelo menos é o que eu acredito. O problema é que diversas vezes criamos grandes expectativas a respeito de uma gama de coisas (o que na maioria das vezes não é saudável). Sim, sim, esse início ano está bastante inspirador para mim, e espero que possa carregar essa boa sensação por longo tempo. Mas com praticidade ou não, deixe estar um pouco. Não se preocupe tanto com as coisas.... Não sei se você já reparou, mas há diversas coisas que esquentamos a cabeça à beça e no fim tudo dá certo. Talvez o segredo seja não se preocupar tanto, mesmo que estejamos diante das piores perspectivas... Vamos rir da vida!

    ResponderExcluir
  3. kkkkk vou te confessar que não tive a coragem de ler tudo....sabe como é...preguiça....

    ResponderExcluir
  4. Mana do céu!!! Juro que quando você ler um post meu inteiro para poder comentar, eu vou soltar fogos de artifício! =D

    ResponderExcluir
  5. eu já li um inteiro...não lembro qual mas eu já li um post seu TODINHO!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi, que bom que gostou do Coisas, será muito bem vinda por lá!!

    Adoro ler, vou seguir sua indicação!!

    Beijos

    ResponderExcluir